Supere o medo de ir ao dentista!

Supere o medo de ir ao dentista!

Confiança no dentista

Quem nunca teve receio de ir ao dentista?

Se já teve esta sensação saiba que é um fenómeno recorrente desde há centenas de anos.

Os primeiros testemunhos remontam à Idade Média, quando no imaginário popular se apelidavam os dentistas de “tiradentes”, um papel inferior e mais ambíguo que o atribuído aos médicos.

Se pensarmos bem no assunto, talvez naquele tempo existissem verdadeiros motivos para ter medo de ir ao dentista.

Mas e hoje? A ciência e a tecnologia estão em permanente evolução tanto em relação às técnicas como à medicina aplicada nos tratamentos. A constante procura pela redução da dor e o respeito pelo bem-estar das pessoas, leva a que haja um maior cuidado na relação entre toda a equipa médica e o paciente.

Apesar disso, existem algumas dicas que lhe podem ser úteis para tentar superar este medo:

Procure referências. Converse com alguns familiares e amigos e saiba se conhecem algum médico da sua confiança e o que acham do seu trabalho. Desta forma sentir-se-á mais seguro pois terá um testemunho de alguém que lhe é próximo.

Fale sobre como sente, por  vezes é o suficiente para aliviar a tensão. Hoje muitos dentistas estão preparados para lidar com ansiedades dos clientes; por isso, logo na primeira consulta é importante expor receios e inseguranças. Se não for o suficiente, um psicólogo pode ajudar.

Peça ao dentista que lhe explique cada passo do tratamento e combine com ele um sinal para que interrompa a ação caso a dor fique muito forte. O fato de sentir que tem a situação sob controlo pode ajudar a sentir-se mais seguro.

Faça visitas periódicas ao dentista. A assiduidade aliada a uma higiene oral correta com uso constante de fio dental reduzem a necessidade de intervenções mais invasivas – e, portanto, mais temíveis.

Marque já a sua consulta e comece a superar o medo!

O dentista e a restante equipa farão todos os esforços para tornar a sua experiência tranquila e agradável.

Swiss Dental Services

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.