‘Entrevista’ – “É importante explicar todo o processo ao paciente”

‘Entrevista’ – “É importante explicar todo o processo ao paciente”

 

Dra. Inês Salvador

Inês Salvador é médica implantologista na Swiss Dental Services desde 2018 e trabalha diariamente casos de Reabilitação Oral Total Avançada (ROTA). Apesar do dia-a-dia exigente, com cirurgias complexas que podem ter até 5 horas de duração, vê no relacionamento com o paciente e no acompanhamento do processo parte do sucesso para a reabilitação.

Swiss Dental Services: Está mais dedicada à área da cirurgia. De que forma é que a componente cirúrgica está presente nos casos de Reabilitação Oral Total Avançada?

Inês Salvador: A cirurgia avançada sobre implantes e a reabilitação são duas áreas da medicina dentária que se complementam. É impossível fazer cirurgia sem haver reabilitação. Depois dentro da área cirúrgica a implantologia é uma técnica e, por conseguinte, o nosso instrumento de trabalho diário que se traduz na colocação de implantes dentários.

SDS: Como funciona todo o processo até chegar à cirurgia?

IS: Numa fase inicial, o paciente passa por uma consulta de avaliação, onde são analisadas as suas necessidades para a reabilitação. Se estivermos a falar de uma reabilitação simples, de um implante unitário, é realizada uma consulta de pré-cirurgia, na qual avaliamos o estado de saúde geral do paciente de forma a podermos ter um historial clínico mais completo e assim adequarmos melhor o tratamento. Posteriormente, passamos para a fase da cirurgia para colocação dos implantes.

SDS: Quanto tempo dura a fase de cicatrização de um implante?

IS: Normalmente, depois de colocado o implante esperamos entre 4 a 6 meses, que é o tempo de osseointegração que os implantes precisam para se integrarem no osso. Durante este período podem ser realizados outros tratamentos complementares na área da endodontia, prótese fixa sobre dentes e dentisterias. Após este período, já podemos fazer provas para as próteses definitivas.

SDS: Como se gerem as expetativas dos pacientes durante este período?

 IS: É importante explicar todo este processo ao paciente, desde que chega para as consultas de avaliação e de pré-cirurgia e mesmo durante a cirurgia. É essencial que o paciente colabore também durante a cirurgia, que nos casos de reabilitação total bimaxilar tem a duração de 4 a 5 horas, e que tenha perceção de todas as fases que envolvem o tratamento. Todo este processo pode durar cerca de 1 ano a 1 ano e meio em caso de implantes unitários e totais e se o paciente estiver consciente de todo o processo desde o início, é meio caminho andado para que o tratamento tenha sucesso.

SDS: Quais as diferenças na colocação de implantes unitários e na colocação de implantes em casos de reabilitação total?

 IS: No momento da cirurgia aplicamos um tipo de força necessária para que o implante dê entrada no osso maxilar. No caso dos implantes unitários, podemos colocar uma coroa provisória sobre um implante unitário para modelação dos tecidos gengivais e depois passamos às provas para o dente definitivo. Em casos de reabilitação total, se no momento da cirurgia conseguimos atingir a força necessária para a colocação do implante, no dia seguinte o paciente já pode levar a prótese provisória fixa ao implante.

SDS: Quais os cuidados que o paciente deve ter após a reabilitação sobre implantes?

IS: Essencialmente, tem de haver uma consciencialização dos pacientes para a higienização da prótese tanto provisória com definitiva. Tem de existir uma escovagem diária, passar o fio dentário no caso dos unitários, e utilizar o irrigador em casos de reabilitação total. É importante ter atenção à alimentação, evitar comer alimentos duros e que exijam maior esforço de mastigação. É igualmente importante manter as visitas regulares ao dentista, de 6 em 6 meses, para higienização e avaliação da integração do implante dentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.