Covid-19: o que precisamos saber sobre o novo coronavírus

Covid-19: o que precisamos saber sobre o novo coronavírus

Estamos a viver uma pandemia global provocada pelo COVID-19, um novo coronavírus identificado em dezembro de 2019 em Wuhan na China. Os coronavírus representam uma grande família de vírus que causam doenças que variam desde a comum constipação até doenças mais graves, como a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS).

Para saber a situação atual da evolução dos casos de COVID-19 em Portugal, clique aqui.

Como acontece a transmissão do novo Coronavírus?

A transmissão da COVID-19 acontece através do contacto próximo com pessoas infetadas ou com superfícies e objetos contaminados. Através de gotículas libertadas pelo nariz ou boca, quando tossimos ou espirramos o vírus pode chegar até a boca, nariz e olhos de quem está próximo ou depositar-se em objetos ou superfícies.

Quais são os sintomas da COVID-19?

Os sintomas apresentados pelas pessoas infectadas pelo novo coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a uma constipação ou gripe. É necessário ainda proceder a mais investigações para se aprofundar este assunto.

Até agora, os principais sintomas são:

• Febre
• Tosse
• Falta de ar

Se tiver esses sintomas, ligue para SNS 24: 808 24 24 24

Como se proteger do COVID-19?

A prevenção é o melhor remédio, por isso além de ficar em casa e sair apenas em caso de extrema necessidade, como fazer compras essenciais, existem outras medidas importantes para reduzir a curva da contaminação do vírus. Confira em baixo alguns cuidados:

Medidas de higiene pessoal e etiqueta respiratória

coronavírusA higienização é uma das principais formas de prevenção do COVID-19, por isso lavar as mãos corretamente, com água e sabão, durante 20 segundos (o tempo que leva a cantar os Parabéns), ajuda a evitá-lo. A recomendação, para quando não existe a possibilidade de lavar as mãos é a utilização de álcool gel desinfetante. Ao tomar estas atitudes, evita, que caso tenha tido contacto com o vírus através das mãos, o vírus não entre no seu organismo. 

Além disso, higienizar objetos pessoais e compras do supermercado é muito importante. Pode fazer uma mistura de lixívia diluída em água. Lembre-se de manter a casa limpa e ventilada!

As medidas de etiqueta respiratória são tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e colocar sempre o lenço de papel no lixo.

Ficar em casa

Mesmo não apresentando sintomas e não fazendo parte de um grupo de risco (idosos e pessoas com doenças crônicas), é fundamental a redução do contacto social para conter o avanço da doença. Ao ficar em casa protege a sua própria saúde e a saúde dos que o rodeiam.

É possível prevenir com a alimentação?

coronavírusNeste momento estamos a lidar com uma avalanche de informações a respeito do vírus, em que muitas delas são falsas. A respeito da alimentação, não existe nenhum alimento milagroso que previne ou combate o COVID-19. A nossa imunidade é formada por um conjunto de fatores, hábitos e condições, ou seja, não está associada a um único alimento ou vitamina.

Apesar disso, uma dieta equilibrada, ajuda o nosso corpo a fortalecer a sua imunidade e a estar preparado para possíveis invasores. Neste processo, é importante ingerirmos fontes de todos os nutrientes. Alguns deles ajudam o nosso sistema imunitário a ser fortalecido, favorecendo os nossos glóbulos brancos, que são as nossas células de defesa.

Confira quais e onde encontrá-los:

Proteínas – Alimentos de origem animal – carne vermelha e branca, leite e ovos. Leguminosas – feijão, soja, ervilha, grão de bico. Recomenda-se comer as leguminosas acompanhadas de cereais, como arroz e milho, para que ocorra a fusão de um componente com o outro.

Zinco  Carnes de todos os tipos, principalmente a vermelha, derivados de animais (leite e ovos) e frutos do mar. Chocolate amargo, sementes de linhaça, amendoim, castanha de caju, feijão e sementes de melancia.

Magnésio –  leguminosas, oleaginosas (nozes, amêndoas, castanhas) e verduras folhosas.

Vitamina A – fontes de gordura (queijo, gema de ovo) e em vegetais de coloração alaranjada, como a manga, e a cenoura.

Vitamina C – encontrado em frutas cítricas (laranja, maracujá, limão, abacaxi).

Complexo B – Composto por várias vitaminas disponíveis em diversos grupos. Para adquiri-las é preciso consumir um pouco de cada. É importante frisar que a B12 é encontrada apenas em alimentos de origem animal. Por isso, pessoas com dietas vegan precisam considerar a suplementação com a devida orientação profissional.

Saúde mental em tempos de pandemia

coronavírusEm tempos de pandemia e o isolamento que provoca, muitas pessoas acabam por se sentir mais ansiosas. Para cuidar deste aspeto importante da nossa saúde, foi lançada uma página na internet onde psicólogos dão conselhos para manter a “saúde mental em tempos de pandemia”. A página chama-se Psicovid-19 e defende que “em tempos de pandemia, é essencial manter a distância física, mas precisamos muito de estar ligados e de manter a proximidade social. Porque as palavras são importantes”. Clique aqui e aceda à página e aos seus conteúdos. 

Pode contar com a Swiss Dental Services

Mesmo com o isolamento físico, continuamos à sua disposição para responder às suas necessidades. Neste momento, estamos com as clínicas fechadas e a cumprir as devidas orientações do Governo, mas como a saúde oral é fundamental, nós temos uma solução para continuar a cuidar de si e do seu sorriso.

Durante esta fase, os nossos médicos dentistas estão disponíveis para realizar atendimentos por videochamadas e para aconselhar, esclarecer dúvidas e orientar sobre problemas de saúde oral, como o que fazer em caso de uma dor de dentes. Este serviço é seguro, pois fica no conforto do seu lar, e sem custos!

Clique aqui e marque o seu rastreio oral online sem custos com nossos experts.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.