Conheça a relação entre a saúde oral e os problemas cardíacos

Conheça a relação entre a saúde oral e os problemas cardíacos

coração

Pode parecer mentira, mas não é! Está comprovado que a gengivite crónica pode contribuir para o desenvolvimento de problemas cardíacos, assim como outros problemas de saúde oral.

À partida, para quem não está habituado a pensar em como o corpo humano funciona, esta relação parece estranha. Mas se, como diz o ditado, até uma mente sã ajuda a ter um corpo são, que dirá uma saúde oral em dia! Exatamente, uma saúde oral promove uma boa saúde geral, inclusive do coração! E, atenção, não somos os únicos a dizê-lo!

Estudos sobre a ligação entre a saúde oral e os problemas cardíacos 

As pessoas que sofrem de problemas nas gengivas ou de outras complicações orais têm maior risco de sofrer um ataque cardíaco ou AVC. Esta é a conclusão a que chegaram vários investigadores da Universidade da Columbia, nos EUA, através de um estudo publicado em 2013.

Mas este não é o único estudo sobre o tema. Nos últimos anos, este assunto tem sido mais investigado e há cada vez mais conclusões que vêm confirmar que há uma relação direta entre a (falta de) saúde oral e os problemas cardíacos. E, tendo em conta que maio é o mês do coração, não há melhor altura para recordar esta relação, de forma a que todos possamos evitar doenças orais e cardíacas.

Também o Instituto Dentário Eastman do Colégio Universitário de Londres realizou um estudo através do qual concluiu que a periodontite aumenta o risco de desenvolvimento de hipertensão arterial. Assim sendo, o tratamento da periodontite, pode ajudar a reduzir a pressão arterial.

Como é que a saúde oral pode levar a problemas cardíacos?

O sangue que circula na boca é o mesmo que chega ao coração. Logo, este tipo de infeções (por exemplo, gengivites crónicas e periodontites) possibilitam a entrada de bactérias na corrente sanguínea, o que pode fazer com que o sangue bombeado pelo coração fique coagulado.

A sua saúde oral é uma parte integrante da saúde geral e, como tal, devem ser tomados cuidados para que os seus dentes e gengivas se mantenham saudáveis. Consequentemente, não darão origem a problemas cardíacos!

Não ignore as mensagens enviadas pelo seu organismo

O corpo funciona como um todo. É por isso que um problema de saúde oral pode despoletar problemas cardíacos. Mas o corpo é nosso amigo e tenta avisar-nos quase sempre que se passa algo de errado, enviando mensagens. Só precisamos de estar atentos a esses sinais!

De facto, o nosso organismo permite que as bactérias circulem por todo o corpo, mas também nos tenta alertar quando algo não está bem. Veja alguns indícios que podem indicar que é preciso dar mais atenção à saúde oral, para que também seja possível fugir aos problemas cardíacos:

  • Gengivas inchadas, avermelhadas ou sensíveis;
  • Gengivas que sangram quando se alimenta, durante a escovagem dos dentes ou quando usa o fio dentário;
  • Infeções nas gengivas e nos dentes (com pus, por exemplo);
  • Gengivas afastadas dos dentes;
  • Mau hálito frequente ou sabor desagradável;
  • Dentes moles ou afastados dos outros.

Prevenir problemas cardíacos cuidando da saúde oral

Para prevenir os problemas cardíacos, é fundamental que adote três hábitos de saúde oral fundamentais:

  • Escovar os dentes após as refeições ou, pelo menos, 3 vezes ao dia;
  • Usar fio dentário antes de cada escovagem ou, no mínimo, antes da última escovagem do dia;
  • Visitar regularmente o médico dentista.

Naturalmente, há outros cuidados de higiene que permitem que a sua saúde oral esteja ainda melhor, como raspar a língua ou bochechar elixir, mas os pontos acima são mesmo os mais importantes e que não podem falhar na sua rotina. Mas, podendo acrescentar estas ações complementares, maior é a probabilidade de evitar problemas cardíacos.

Como pôde perceber, ao cuidar da sua boca, cuidará do seu coração. Por isso, não deixe que os problemas com as suas gengivas se alastrem e afetem a sua vida duma forma ainda mais séria, quer por prejudicarem a saúde oral como por provocarem problemas cardíacos.

E, se o caso se tornar mais grave, provocando problemas como a perda dentária, lembre-se que a Swiss Dental Services está aqui para o ajudar a cuidar da sua saúde oral. Para isso, basta marcar uma consulta de avaliação oral sem custos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.